Secretário ministra palestra sobre “preservação do meio ambiente” durante Conferência do Rotary Club

postado em: SBF | 0

Na manhã de sexta-feira, 8, o secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh), Olivier Chagas, foi um dos palestrantes da XXVI Conferência do Distrito 4390 do Rotary Club, que agrega os estados de Sergipe, Alagoas e Norte da Bahia, e que acontece de 7 a 9 de junho, no Confort Hotel, em Aracaju.

Com o tema: “A preservação do meio ambiente e suas consequências para a humanidade”, Olivier frisou que o ser humano precisa fazer uma reflexão mais contundente dos malefícios que vem causando ao planeta nos últimos séculos, e que é preciso uma atitude urgente dos governantes e de toda a sociedade para combater esse processo de degradação.

“Não há condição de o ser humano viver bem se o meio ambiente não estiver bem. Usam e destroem o meio ambiente de uma maneira irracional e o homem alimentou a vida inteira a ilusão de que esses recursos naturais são inesgotáveis, de que as águas nunca vão acabar. Estamos percebendo que não é bem assim. Já vemos o aquecimento do planeta, os problemas de desertificação e crises hídricas”, alertou.

O gestor da Semarh ainda discorreu sobre a importância do rio São Francisco. “Acompanhamos os problemas do Velho Chico, que nasce na Serra da Canastra, passa por cinco estados e 500 cidades, quase todas elas despejando esgoto in natura dentro do rio, o rio que buscamos água para consumo humano. Das 500 cidades, apenas uma faz tratamento 100% de seu esgoto antes de despejar no rio. As matas ciliares estão degradadas e mais de 50% não existem mais. Além disso, há o uso da água de forma irracional. É um momento de fazermos uma reflexão de que estamos agindo errado com o meio ambiente”.

O tema meio ambiente também teve a intervenção de outros dois palestrantes: Wendel Mota Reis, Gerente do Perímetro Irrigado do Betume, em Neópolis, e Eduardo Tavares, Procurador de Justiça do Estado de Alagoas.

O evento

A Conferência Distrital é o maior evento do ano do Rotary e celebra o encerramento do mandato da governadoria, até então administrado por Manoel Humberto Gonzaga Lima, que deixará o posto para dar lugar ao rotariano José Silva.

“Hoje, nós estamos agregados com mais de 300 participantes dos estados de Sergipe, Alagoas e Bahia, discutindo temas de interesse do Rotary diretamente, como a Fundação Rotária, e os serviços prestados no combate ao analfabetismo e o apoio à educação básica, mas também trazendo palestras de interesse das comunidades que estamos inseridos. A exemplo da palestra sobre gestão pública, por dois prefeitos que são rotarianos, o prefeito Gilson, de Estancia, e Júlio César, de Palmeira dos índios, de Alagoas, que deram exemplo de como se devem administrar com coerência e responsabilidade. Também tivemos palestras sobre sustentabilidade e meio ambiente, onde o nosso companheiro Olivier Chagas e outros dois palestrantes, o procurador do Estado de Alagoas, Eduardo Tavares, e o gerente do perímetro irrigado do Betume, Wendell Reis, ministraram com maestria”, afirmou Manoel Humberto Gonzaga Lima.

Ainda segundo Humberto, a conferência deixa um recado. “De que o Rotary é participação, é prestação de serviços, é responsabilidade com gestão e ética. Nós estamos ajustados em cima de várias ações que podemos tranquilamente provar, junto às comunidades, que fazemos a diferença quando estamos envolvidos.”

A Conferência teve início ontem com a participação do representante internacional, Gerson Gonçalves, que é de Londrina, e ex-governador e ex-diretor de Rotary nacional.

Outras palestras

Nesta sexta ainda aconteceram palestras sobre “O Rotary Faz a Diferença”, ministrada pelo ex-governador do Distrito Henrique Vasconcelos, tendo como moderador o ex-governador distrital Carlos Melo Filho. Em seguida, o ex-governador distrital José Raimundo Pereira de Azevedo discorreu sobre “Gestão Pública de Qualidade”, sendo moderadores os prefeitos Júlio César, de Palmeira dos Índios (AL) e Gilson Andrade, de Estância.

Ainda pela manhã, o ex-governador distrital Valdomiro Oliveira ministrou palestra sobre “Imagem Pública Consolidada”, tendo por moderador Marly Ribeiro de Souza Aprígio.  Também teve a palestra sobre “Ações do Rotary do Brasil”, proferida por Luiz Gustavo Kuster Prado.

História

Rotary está instalado em Sergipe há mais de oito décadas e está instalado em mais de 200 países, como explica, Carlos Magalhães, do alto dos seus 80 anos, sendo 53 dedicados ao Rotary Club, radialista ativo, ex-governador do Rotary no biênio 2003/04 e atual presidente da Comissão Distrital e Imagem Pública do Rotary.

“É um evento excelente. Esse distrito está em três estados e vemos a integração, os companheiros todos que vêm de diversos clubes de várias cidades. O Rotary é uma instituição de companheirismo e de servir, vivemos servindo à comunidade, seguindo o lema: ‘Dar de si antes de pensar em si’. Estamos em 200 países do mundo e nós somos uma comunidade mundial de 1,2 milhão de rotarianos, servindo, a exemplo da erradicação da poliomielite”.