Governo do Estado celebra Dia Nacional da Caatinga em Poço Redondo

postado em: Destaque, Outras Notícias, SBF | 0

Durante sua visita ao Alto Sertão na sexta-feira (27), o governador Belivaldo Chagas participou das comemorações alusivas Dia Nacional da Caatinga, celebrado oficialmente no sábado, dia 28. O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídrico – Semarh – organizou uma série de atividades, entre elas, um café da manhã, com apresentação de cordelistas, vídeo institucional e degustação de sabores da Caatinga.

Segundo Belivaldo Chagas, o governo quer intensificar as atividades para que a área protegida seja reconhecida enquanto instrumento não somente de gestão ambiental, mas incentivadora do desenvolvimento sustentável. “Às vezes não se tem a compreensão do trabalho que a universidade faz, o trabalho que a Secretaria do Meio Ambiente tem feito. E por isso que existe essa unidade, não apenas para visita de turista, mas para estudar, compreender e defender os interesses do meio ambiente, para que possamos proteger as matas, os nossos rios, e proteger a nossa família e o ser humano de modo geral”, disse.

A infraestrutura do Monumento Natural da Grota do Angico contempla um conjunto de edificações com sede administrativa, mirante, laboratório e alojamento para técnicos e pesquisadores. Quando criado, em 2010, o investimento aplicado no Monumento foi de R$ 562.986,87.

O objetivo da criação desse espaço foi preservar o sítio natural existente na Grota do Angico e seus valores associados, mantendo a integridade dos ecossistemas naturais da caatinga para o desenvolvimento de pesquisa científica, educação ambiental, ecoturismo e visitação pública.

Além da riqueza biológica, a Grota do Angico é reconhecida pelo seu valor cultural e histórico, pois abriga o local onde ocorreu a morte de Lampião e Maria Bonita.

Para o secretário de Estado do meio Ambiente, Olivier Chagas, a presença do governador no Monumento demonstra a sensibilidade e atenção com a caatinga. “O governador Belivaldo Chagas é o segundo governador que vem a essa unidade, primeiro foi Marcelo Déda. Nós estamos fazendo essa festividade à caatinga como maneira de chamar atenção para cuidar melhor do bioma. Hoje, estamos vendo com a alegria que a água, que era escassa em determinados lugares, começa a brotar. A vegetação está começando a florir novamente. Isso nos deixa feliz porque é a esperança que a gente tem de garantir que esse bioma não vai mais ser degradado além do que já foi”, afirmou.

“Eu estou há dois anos no Ministério e diria que o estado que mais nos deu alegria na recuperação da caatinga foi Sergipe. A alegria que a gente sente é muito grande, num lugar seco, sem uma gota de água e, de repente, aparece com um trabalho nosso e da comunidade, um olho d’água, que vai produzir e garantir, não só a sobrevivência, como também a produção agrícola naquelas comunidades. Então, em nome do nosso novo ministro Edson, que é da Bahia, que está promovendo esse apoio, nós vamos continuar trabalhando em Sergipe por um bom tempo”, destacou o representante do Ministério do Meio Ambiente, Valdemar Rodrigues.

Fotos: Marcelle Cristinne/ASN